Notícias

Prefeitura de Mauá volta a brigar por maior repasse do ICMS do petróleo

Atila Jacomussi (PSB), prefeito de Mauá, voltará a brigar pelo direito do recolhimento dos impostos da produção de combustíveis na Recap (Refinaria de Capuava), visando coletar R$194 milhões para a Prefeitura.

Em reunião com o Fernando Coelho Filho (PSB), ministro de Minas e Energia, o prefeito pediu que os impostos fossem passados para a cidade. Essa ideia foi, inclusive, promessa da campanha do ex-prefeito Donisete Braga (PT) em 2012, e durante seus quatro anos de mandato ele até tentou conseguir os impostos.

O prefeito diz que o plano está andando, apesar do governo estar cuidadoso, e afirma também que a meta é recuperar os últimos cinco anos pela divisão do recolhimento do ICMS para Barueri e São Caetano.