Notícias

Postos começam a receber combustíveis; abastecimento deve normalizar em 10 dias

Com o fim dos bloqueios em boa parte das rodovias e escolta policial para garantir as entregas, a greve dos caminhoneiros parece estar próxima do fim.

A retomada da distribuição de combustível em postos da região ainda é lenta. Dessa forma, a projeção é de que o abastecimento de supermercados, feiras livres e lojas de diversos segmentos esteja normalizado em até 10 dias.

No entanto, parte dos caminhoneiros ainda mantém a paralisação. Eles pedem que o desconto de 46 centavos no diesel, garantido pelo governo em atendimento aos grevistas, chegue até as bombas e não fique apenas nas refinarias.

Projeto de lei
O Senado aprovou o projeto de lei que deve reonerar dezenas de setores da economia, como contraponto à redução de R$ 0,46 no preço do diesel até o fim deste ano.

O objetivo é gerar cerca de R$ 3 bilhões neste ano como contraponto ao custo dos combustíveis.

Petroleiros parados
Os petroleiros estão em greve. A paralisação, que tem caráter de advertência, começou à 0h de hoje e se estende até as 23h59 de sexta-feira.

O motivo da greve não é salarial, mas contra a política de preços da Petrobras. A empresa entrou na Justiça e conseguiu uma liminar para impedir a paralisação com multa diária de R$ 500 mil.

Com informações da Agência Estado


Compartilhe!