Variedades

Clima seco e casos na região deixam Mauá em alerta para meningite viral

Reportagem publicada pelo jornal Diário do Grande ABC aponta que moradores da região estão preocupados com os casos confirmados de meningite.

A doença é uma inflamação das meninges, que são as membranas que envolvem o cérebro, e se não tratada a tempo, pode ser letal.

Segundo o Diário, o Colégio Xingu, localizado em Santo André, chegou a confirmar um caso da doença aos pais por meio de comunicado. Outras quatro escolas da região tiveram casos registrados, porém não responderam ao contato da reportagem.

Em nota, a Prefeitura de Santo André informou que somente um caso recente foi registrado no município. Em São Bernardo, também houve apenas um registro.

Já na cidade de Ribeirão Pires, até o momento, há dez pessoas contaminadas, além de outras quatro em Rio Grande da Serra. Diadema, Mauá e São Caetano não forneceram dados sobre a situação.

Especialistas explicam que a mudança de temperatura e o clima seco ajudam a espalhar a doença que possui dois tipos de acometimento: viral e bacteriana.

Não há como prevenir totalmente a viral, que costuma ser mais branda. Já a bacteriana exige vacinas específicas, normalmente aplicadas ainda na infância.

Entre os principais sintomas, estão vômitos intensos, dores de cabeça e no corpo. No caso da bacteriana, surgem manchas pela pele.

As precauções para tentar evitar a doença começam pela higiene constante, mantendo as mãos sempre limpas, evitando compartilhar objetos pessoais e cobrindo a boca ao tossir ou espirrar.

Gripe também preocupa
Outra doença que causa preocupação nessa época do ano é a gripe cuja campanha de vacinação começou nesta segunda-feira. Saiba mais aqui.