Categorias: Notícias

Senai, Sesi e Sesc podem ter verba cortada pela metade a partir de 2019

O futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, disse ontem (17) em palestra direcionada para uma plateia de empresários no Rio de Janeiro que pretende horizontalizar os impostos, acabando com isenções e subsídios.

O corte deve atingir, inclusive, a verba destinada ao Sistema S, que deve sofrer redução em torno de 30%, podendo chegar a 50% dos repasses. “É a contribuição, como vamos pedir o sacrifício do outro sem dar o nosso?”, questionou Guedes.

O chamado Sistema S é o conjunto de instituições corporativas voltadas a treinamento profissional, pesquisa e assistência técnica e social. Entre as mais conhecidas, estão Senai, Sesi e Sesc.

Mesmo de cunho privado, o sistema recebe verba federal prevista na Constituição em alíquota que varia entre 0,2% e 2,5% da arrecadação. Somente neste ano, foram repassados cerca de R$ 17 bilhões.

Presidentes de federações empresariais reagiram aos comentários do futuro ministro. Para muitos, falta conhecimento sobre o que o sistema faz nas áreas de educação e saúde para os trabalhadores.

Com informações da EBC


Advertisement

Artigos Recentes

Vendas do Natal devem garantir crescimento de 5% no varejo paulista

Comércio deve atingir R$ 91 bilhões em faturamento neste ano. Ver Mais

5 meses atrás

Ministério confirma cinco casos da variante Ômicron no Brasil

Pasta informa que há outros oito casos sob investigação Ver Mais

5 meses atrás

Como mandar currículo para trabalhar no Poupatempo de Mauá

Saiba como participar do processo seletivo da rede. Ver Mais

9 meses atrás

Moradores de Mauá também vão receber o vale gás; saiba quem tem direito

Famílias terão acesso a três parcelas bimestrais do benefício. Ver Mais

11 meses atrás

Prefeitura de Mauá abre concurso público para 542 vagas

Conheça os cargos disponíveis e saiba como participar do certame. Ver Mais

1 ano atrás